A previsão é de que sejam vacinados 2005 servidores e 961 adolescentes

A Secretaria de Justiça e Cidadania, em parceria com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, deu início à 24ª Campanha de Vacinação de Influenza em 2022, sendo o Sistema Socioeducativo considerado grupo prioritário. A etapa de vacinação no Distrito Federal está ocorrendo neste mês de maio e seguirá até 03/06, contemplando os adolescentes, jovens e servidores de todas as unidades do Sistema Socioeducativo. A previsão é de que sejam vacinados 2005 servidores e 961 adolescentes.

A vacinação desses grupos tem o objetivo de reduzir as sobrecargas nos sistemas de saúde, além de contribuir com a prevenção de possíveis novos surtos de doenças respiratórias pelo vírus da influenza, reduzindo o absenteísmo e possibilitando a manutenção do funcionamento de serviços essenciais.

Para o secretário de Justiça e Cidadania, Jaime Santana, a imunização contra a influenza é de extrema relevância para todos que atuam no Sistema Socioeducativo, principalmente porque a pandemia do coronavírus ainda não acabou e o sintoma de gripe pode facilmente confundido com a covid-19. "A imunização desses adolescentes e servidores contribui para que mantenhamos o quadro de servidores ativos e reduza o número de servidores que porventura venham a ter algum sintoma de gripe e sendo afastados. É uma medida valiosa de prevenção, e, sobretudo, de garantia da saúde desses adolescentes e trabalhadores", afirma.

O planejamento e operacionalização da vacinação do Sistema Socioeducativo são articulados com a Secretaria de Saúde, conforme a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde de Adolescentes em conflito com a Lei, sendo estabelecido, pelo terceiro ano seguido, a ampliação do acesso à vacinação a todos os adolescentes, em cumprimento de medidas socioeducativa, inclusive em meio aberto.

Os servidores e adolescentes das unidades de internação e internação provisória poderão ser vacinados na unidade de origem. Já os servidores e adolescentes vinculados às unidades de semiliberdade serão vacinados pela Unidade Básica de Saúde de Referência. Aqueles que cumprem medida socioeducativa em meio aberto, bem como os profissionais dessas unidades, poderão ser vacinados na Unidade Básica de Saúde (UBS), mais próxima de sua residência.

O Subsecretário do Sistema Socioeducativo convida a todos para participar da campanha e destaca que "A vacina influenza é uma das medidas de prevenção mais importantes para proteger contra a doença, além de contribuir na redução da circulação viral na população, bem como suas complicações e óbitos, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco em nossas unidades socioeducativa e em toda a nossa comunidade, sendo essa uma das diretrizes do Governo do Distrito Federal".

Daniela Uejo